• Sexta-feira, 1 de julho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Dois meses de lata para a carne bovina


Quinta-feira, 16 de setembro de 2010 - 15h11

O mercado atacadista de carne bovina sem osso de São Paulo completou dois meses de alta nos preços. A pequena oferta de carne no mercado, em função da dificuldade em encontrar animais terminados para abate, continua sendo a principal responsável pelo movimento altista. No acumulado dos últimos sete dias, a alta encontrada foi de 2,8%. Desde janeiro, a carne bovina sem osso no atacado acumula valorização média de 17,5% no estado. O consumo interno, apesar do aumento nos preços, está bom e as exportações estão aquecidas. No varejo, em São Paulo, houve reajuste de 1% nos preços durante a semana. No Paraná, Rio de Janeiro e Minas Gerais, a carne está 2% mais cara nos açougues e nos supermercados.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook