• Domingo, 3 de julho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Relação de troca entre o boi gordo e o bezerro de desmama na praça paulista


Quarta-feira, 4 de maio de 2022 - 15h10

Foto: Scot Consultoria


A queda no mercado do boi gordo em ritmo maior que o mercado de reposição ao longo de abril resultou na piora do poder de compra do recriador/invernista, com base no comparativo mensal. 


Tomando a praça paulista como referência, a cotação do boi gordo registrou queda de 3,6% ao longo de abril. Para o bezerro desmamado, recuo de 1,9% no mesmo período. 


Assim, em março eram necessárias 8,09 arrobas de boi gordo para a aquisição de um bezerro desmamado de 6,5@. Em abril, eram necessárias 8,44 arrobas, ou seja, piora de 4,15% no poder de compra. 


O período de entressafra pode marcar novos moldes de negociações. 


O mercado do boi gordo tende a retomar a sua firmeza até a chegada dos bovinos do primeiro giro dos confinamentos. 


Ainda, conforme as pastagens perdem a sua capacidade de suporte, por conta do menor volume de chuvas, a ponta vendedora tende a diminuir a resistência aos negócios, afrouxando os preços na reposição e favorecendo a troca para o pecuarista.


Figura 1. Arrobas de boi gordo necessárias para a compra de um bezerro nelore ou anelorado desmamado (6,5@) em São Paulo.

Fonte: Scot Consultoria



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook