• Quarta-feira, 27 de outubro de 2021
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Pará, estado com alto potencial para pecuária e confinamentos com tecnologia [Confina Brasil]


Terça-feira, 24 de agosto de 2021 - 05h50

* Reprodução permitida desde que citada a fonte.


Encerramos as visitas do Confina Brasil em Mato Grosso na região de Matupá, no dia 10/08. Para o dia seguinte o clima era de apreensão, pois íamos cruzar um grande trecho de estrada de terra até a afamada balsa do Rio Xingu, no território da tribo Capoto. Apesar de desafiadora, vencemos os mais de 300km de estrada de terra com tranquilidade, chegamos ao grande rio e fomos muito bem recebidos pelos indígenas.


Futuro promissor

Mercúrio Alimentos – Xinguara (PA) / Foto por Agromovies


Chegamos ao Pará, estado com o quarto maior rebanho do país, cerca de 20,8 milhões de cabeças de bovinos e, aproximadamente, 17,5 milhões de hectares de pastagem. Destaque para São Felix do Xingú, município com o maior rebanho do país, com cerca de 2,2 milhões de cabeças.


Frigol (PA) / Foto por Agromovies


Apesar de ser um estado com alto potencial produtivo, os pioneiros enfrentam estradas em péssimas condições há anos, mas isso não desanima os novos investidores, que chegam ao estado movimentando ainda mais a economia. De qualquer forma, os relatos são positivos, pois a melhora, mesmo que lenta, está acontecendo.


Eficiência, tecnologia e resultado


Fazenda Nova Vida, Agropecuária SB - Santana do Araguaia (PA) / Foto por Agromovies 


Nas regiões visitadas percebemos a expansão dos confinamentos. Aparentemente, para os pecuaristas do Pará, já está claro que o caminho para eficiência é a aplicação de tecnologia e intensificação. Dos grandes aos pequenos grupos é evidente a preocupação com o resultado, fator associado diretamente à expansão da agricultura. 


Fazenda Santa Maria – Santa Maria das Barreiras PA) / Foto por Agromovies 


Conhecemos plantas de confinamento estratégicas e sistemas de parcerias, e a qualidade do gado nos chamou bastante a atenção, tanto para os animais da raça nelore, predominante no estado, quanto nos cruzamentos industriais, no qual a raça angus agrega precocidade, qualidade de carne e a possibilidade de bonificação para os produtores.


Na região de Xinguara, capital do boi gordo, fica evidente a importância da pecuária para a sociedade local. As fazendas, os frigoríficos, as casas agropecuárias, geram riquezas, e, além disso, promovem milhares de empregos, trazendo crescimento e prosperidade para a região.


Fazenda Santa Maria – Santa Maria das Barreiras (PA) / Foto por Agromovies


Em setembro iniciamos a terceira e última rota do Confina Brasil. Estaremos em dois dos estados da fronteira agrícola denominada MATOPIBA, região formada por áreas dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia, e também no norte de Minas Gerais, Espirito Santo e Rio de Janeiro.


Quem está conosco nessa jornada?

Equipe Confina Brasil / Scot Consultoria


O Confina Brasil 2021 tem apoio e Patrocínio Ouro das seguintes empresas:


·         BRA-XP


·         Elanco


·         Casale


·         Nutron


·         UPL


Na cota Prata, contamos com as empresas:


·         AB Vista


·         Associação Brasileira de Angus


·         Barenbrug


·         Beckhauser


·         Confinart


·         GA (Gestão Agropecuária)


·         Inpasa


·         Zinpro


A expedição conta ainda com o patrocínio da montadora Fiat e apoio institucional da Assocon, Embrapa Pecuária Sudeste, Embrapa Informática, Hospital de Amor de Barretos e Sociedade Rural Brasileira.


 




Dia 25 de novembro acontecerá o Encontro de Analistas da Scot Consultoria, um evento em que grandes especialistas discutirão as principais tendências econômicas e seus reflexos no mercado do boi gordo. Faça sua inscrição no portal encontrodeanalistas.com.br. Vagas limitadas.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook