• Sábado, 25 de junho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Câmbio e demanda firmes dão sustentação aos preços da soja grão e farelo de soja


Segunda-feira, 20 de julho de 2020 - 05h50

Foto: pixabay.com


O dólar sustentado e a boa demanda são os principais fatores de alta nos preços da soja em grão e do farelo de soja no mercado brasileiro nos últimos dias.


No caso do farelo, segundo levantamento da Scot Consultoria, o preço médio em São Paulo ficou em R$1.792,13 por tonelada, sem o frete, na primeira quinzena de julho, alta de 1,9% em relação ao fechamento do mês anterior.


O insumo está custando 40,8% mais na comparação com julho do ano passado.


Para o curto prazo, a expectativa é de preços firmes para a soja em grão e farelo de soja no mercado interno, com a demanda dando sustentação e considerando um cenário de câmbio também firme. Mas se o dólar cair, as cotações da soja e farelo podem ceder pontualmente.


Análise originalmente publicada no informativo Boi & Companhia edição 1400.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook