• Segunda-feira, 21 de junho de 2021
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Carne bovina sem osso caiu 7,6% no atacado em janeiro


Sexta-feira, 31 de janeiro de 2020 - 05h55

Foto: pixabay.com


Mais uma semana de queda no mercado atacadista da carne bovina sem osso. Desta forma, são cinco semanas seguidas de desvalorização nos preços.


Nos últimos sete dias, na média dos 22 cortes pesquisados pela Scot Consultoria, as cotações recuaram 1,6%. No acumulado do ano, a queda registrada é de 7,6%.


A fraca demanda no mercado doméstico impede que os frigoríficos ajustem para cima os preços da carne bovina.


Contudo, a próxima semana traz expectativas mais positivas de consumo com a chegada da virada do mês. Quadro que foi já foi desenhado com o aumento nos preços da carne com osso. O boi casado de animais castrados está cotado em R$11,77, alta de 1,3% nesta semana.


Do lado do mercado externo, as expectativas são menos otimistas. O surto de coronavírus na China fez com que as autoridades chinesas cancelassem os eventos de comemoração ao Ano Novo Lunar em todo o país, confinassem em quarentena mais de 50 milhões de chineses e limitassem o trânsito de pessoas.


Análise originalmente publicada no informativo Boi & Companhia, edição 1376.





O Confina Brasil, expedição que promove o levantamento de dados da pecuária intensiva, estará na estrada a partir do dia 21 de junho. A meta em 2021 é mapear 40% do gado confinado no país. Siga o @confinabrasil no Instagram e acesse confinabrasil.com para acompanhar a expedição.


<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos



TV Scot

Podcasts



Loja

Facebook