• Segunda-feira, 15 de agosto de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Oferta de vaca gorda ameaça sustentação da arroba


Quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012 - 11h39

Frigoríficos garantem escalas e cotação do boi gordo fica estável A oferta de vaca gorda, especialmente de Mato Grosso do Sul, ameaça a sustentação da cotação da arroba nas praças paulistas. Acompanhamento da Scot Consultoria aponta recuo na cotação da vaca gorda em dez das 30 praças pesquisadas, o que faz do animal uma opção mais vantajosa para que os frigoríficos completem suas escalas. Os frigoríficos buscam nas praças vizinhas os animais para completar a escala de abates e, embora as programações não sejam longas, já permitem que a indústria mantenha a pressão no preço do boi gordo. Em São Paulo foram registrados poucos negócios em lotes pequenos. No atacado de carne sem osso, apesar do movimento continuar fraco, a oferta de fêmeas pode pressionar os preços. A cotação da arroba do boi gordo recuou tanto no mercado físico como no mercado futuro. Em São Paulo, o indicador Esalq recuou 0,73%, para R$97,30/@ nas vendas à vista. Nas negociações para 30 dias, a arroba ficou cotada a R$99,29, retração de 0,48%. No mercado futuro a cotação dos contratos com vencimento em fevereiro encerrou o pregão a R$96,63 valor 0,17% menor que o observado no pregão anterior. Fonte: DBO. Por Mônica Costa. 8 de fevereiro de 2012.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook