• Sexta-feira, 19 de agosto de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Com entressafra e geada, preço do leite sobe de novo


Sexta-feira, 29 de julho de 2011 - 10h00

As cotações do leite ao produtor continuam a se valorizar no país, reflexo da queda da produção nas bacias leiteiras das regiões Sudeste e Centro-Oeste. A geada no Rio Grande do Sul, num período em que geralmente a produção aumenta, também acabou afetando a oferta de leite, segundo a Scot Consultoria. Neste mês, os produtores do país receberam, em média, R$0,820 pelo litro de leite entregue em junho, acima dos R$0,814 por litro do pagamento anterior, conforme o levantamento da consultoria. Diante da oferta menor, por causa da entressafra, a concorrência entre os laticínios é grande, de acordo com Rafael Ribeiro, analista da Scot, o que ajuda a sustentar os preços ao produtor. A expectativa, diz ele, é o leite atinja o pico, entre R$0,83 e R$0,84 por litro no próximo mês. A cotação do leite longa vida voltou a subir no varejo, depois de ter recuado entre maio e junho. Segundo a Scot, o preço médio em julho ficou em R$2,32 o litro no varejo, acima dos R$2,23 de junho. “Havia caído em junho porque o consumidor se retraiu após várias altas”, observou Ribeiro. Uma das razões para a oferta menor de leite é a alta dos custos de produção, segundo o analista. A alta dos grãos desestimula o investimento na alimentação. “O milho subiu bem mais que o leite, o que estreita as margens do produtor”, afirma ele. Fonte: Valor Econômico. Agronegócios. Por Alda do Amaral Rocha. 29 de julho de 2011.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook