• Quarta-feira, 29 de junho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Alta da carne no atacado já começa a perder força


Segunda-feira, 27 de setembro de 2010 - 11h31

O mercado de boi gordo mantém-se firme, mas o atacado de carne bovina já mostra menos fôlego para altas. A arroba do boi ficou estável em R$92,00, na semana passada, em São Paulo, segundo o levantamento da Scot Consultoria. O preço dos cortes de dianteiro no atacado, porém, caiu. O corte avulso saiu de R$4,70 para R$4,60 o quilo em uma semana. O traseiro avulso ficou inalterado em R$7,30 o quilo. Para a Scot, apesar da desvalorização do preço da carne ser pequena, o movimento sinaliza uma mudança de comportamento, uma vez que o mercado vinha em alta há dois meses. De acordo com a consultoria, a disponibilidade de animais para abate melhorou “um pouco” no Estado por conta da entrada de bois de confinamento. Com isso, também cresceu, de forma moderada, a oferta de carne bovina no atacado. Outra razão, aponta a Scot, é que o consumo geralmente se retrai nos períodos de fim de mês. Diante da valorização expressiva do boi gordo nos últimos meses, o repasse para o atacado também já começa a ficar mais difícil. Para os analistas da Scot, os reajustes já feitos podem ter afetado as vendas de carne bovina no varejo. Na sexta-feira, o indicador Esalq/BM&FBovespa para a arroba do boi fechou em R$93,59, com queda de 0,02%. No mês, a alta acumulada é de 4,15%. Fonte: Valor Econômico. Agronegócios. 27 de setembro de 2010.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook