• Segunda-feira, 8 de agosto de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Friboi anuncia a compra da empresa australiana TMC


Quarta-feira, 16 de dezembro de 2009 - 12h09

Com o negócio, de US$ 27 milhões, grupo brasileiro[br]se torna líder em carne de carneiro na Austrália Menos de três meses após comprar a americana Pilgrim"s Pride e se unir ao rival Bertin, criando a maior empresa de carnes do mundo, o JBS Friboi voltou às compras. Ontem, o grupo anunciou a aquisição da australiana Tatiara Meat Company (TMC), processadora de carne ovina (de carneiro) que pertence ao grupo Vion Food Group, por US$27,5 milhões. A conclusão do negócio, feita por meio da subsidiária Swift Austrália, depende do processo de due diligence e aprovação pelas autoridades. De acordo com informações do JBS, a TMC atua nos EUA, Canadá e Europa, e tem faturamento anual de cerca de US 180 milhões. Com a aquisição, a Swift Austrália se torna a maior processadora de carne ovina daquele país, com capacidade de abate de 24,5 mil cabeças por dia. De acordo com uma fonte próxima ao negócio, o momento atual do mercado de ovinos na Austrália, com um ciclo de baixa na oferta e uma queda na demanda pela carne de carneiro, motivou a decisão do JBS Friboi de firmar o acordo. Ainda segundo a fonte, o JBS avalia que a perspectiva é de recuperação no rebanho de ovinos e de um crescimento na demanda, principalmente nos países europeus, especialmente a Inglaterra, além dos Estados Unidos e países muçulmanos do Oriente Médio, com alta renda per capita. Procurada, a companhia informou apenas que a posição sobre o negócio estava expressa no fato relevante divulgado ontem. Para analistas ouvidos pela Agência Estado, a compra da TMC segue a estratégia da companhia brasileira de diversificar as atividades e de crescer dentro de outros setores de proteína animal, além do bovino. “A estratégia da Friboi é ampliar sua participação nesses outros produtos, expandir o foco, pois já não tem muito para onde aumentar sua participação dentro do setor bovino”, disse Fabiano Tito Rosa, analista da Scot Consultoria. Segundo ele, a JBS Friboi só poderia aumentar consideravelmente a participação no mercado de carne bovina se comprasse outro gigante do setor, como o Marfrig, por exemplo. “Mas isso é impensável no momento.” Já José Vicente Ferraz, analista e diretor da AgraFNP, afirmou que a aquisição da Tatiara segue a estratégia agressiva de crescimento e de internacionalização da JBS Friboi. “Se levarmos em conta que a estratégia da Friboi é ser líder mundial em proteínas animais, o caminho é esse mesmo.” Fonte: Estado de São Paulo. Economia e Negócios. Por Gustavo Porto. 16 de dezembro de 2009.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook