• Segunda-feira, 27 de junho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Previsão para fevereiro


Sexta-feira, 28 de janeiro de 2022 - 14h00

Em janeiro (até dia 26), as chuvas concentraram-se nos estados do Amazonas, Pará, Maranhão, Tocantins, Goiás, Minas Gerais e nordeste do Mato Grosso, atingindo até 600 milímetros em alguns locais.


Já em grande parte do Nordeste, Sul, Mato Grosso do Sul, São Paulo, Roraima e Acre os volumes foram escassos e atingiram 100 milímetros (figura 1).


Para fevereiro é projetado um cenário similar ao visto em janeiro. Os maiores volumes de chuvas continuarão mais ao Norte do país, com exceção de Roraima. Na maior parte do Nordeste, além de norte de Minas Gerais, Rio de Janeiro e Espírito Santo os volumes não deverão ultrapassar 100 milímetros.


Na região Sul e no estado de Mato Grosso do Sul as chuvas também serão escassas, mas poderão atingir de 150-200 milímetros. O cenário mais crítico é esperado para Roraima, sendo que mais ao norte do estado os volumes não deverão ultrapassar 40 milímetros no período de um mês (figura 2).


As chuvas no Sul do país devem ficar abaixo do esperado para fevereiro, em até 50 milímetros, assim como no sul de Mato Grosso do Sul, partes de Goiás e Bahia. O estado do Amazonas deverá receber volumes mais expressivos e em alguns locais pode chegar até 200 milímetros acima da normal climatológica.


Em geral, a porção Norte do Brasil deverá ter volumes de chuvas dentro ou pouco acima (50 milímetros) do esperado em relação à normal climatológica para fevereiro (figura 3).


Figura 1. Volume de chuvas no Brasil no acumulado de janeiro/22 (até dia 26), em milímetros.

Fonte: INPE / CPTEC 


Figura 2. Previsão de precipitação para fevereiro, em milímetros.

Fonte: INMET


Figura 3. Previsão de anomalia de precipitação para fevereiro, em milímetros.

Fonte: INMET



Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook