• Sábado, 25 de junho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Panorama do clima no Brasil e na Argentina e previsões


Quinta-feira, 8 de março de 2018 - 14h50

As chuvas diminuíram em quase todo o país em março.


No acumulado até o dia 7 de março, os maiores volumes foram registrados na região Sudeste, com destaque para o Rio de Janeiro e Espirito Santo, além do Paraná e sul do Mato Grosso do Sul, onde choveu até 150 milímetros em algumas áreas neste período.


No Brasil Central, as precipitações ficaram entre 25 e 100 milímetros no acumulado deste mês, possibilitando melhor avanço dos trabalhos no campo. Veja a figura 1.


Para os próximos dias (8 a 16 de março) a previsão é de chuvas no Brasil Central com volumes variando de 50 a 150 milímetros, dependendo da região.


As chuvas deverão beneficiar o desenvolvimento da segunda safra de milho no Centro-Oeste, mas mantém a atenção sobre as áreas aonde a cultura ainda não foi semeada e que poderão ter os trabalhos prejudicados pela umidade do solo e dificuldades de entrar com as máquinas.


Na região Sul do país, os volumes deverão ser menores, variando entre 25 e 50 milímetros no Paraná e Santa Catarina neste mesmo período. Para o Rio Grande do Sul, a previsão é de que as chuvas não ultrapassem os 10-15 milímetros até o final da primeira quinzena.


Na Argentina, as previsões também apontam para baixo volume de chuvas no período em questão e precipitações restritas ao Norte do país. Veja a figura 2.





Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook