• Quinta-feira, 22 de outubro de 2020
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Carta Conjuntura - Alcatra e coxão mole: R$200,00/@ e R$300,00/@. Como fica o consumidor?


Quarta-feira, 14 de outubro de 2020 - 12h30


Em novembro de 2019, a arroba do boi gordo alcançou a marca de R$200,00, à vista, considerando a praça de São Paulo, descontados os impostos.


Quase um ano após, o preço da arroba alcançou a marca de R$250,00, nas mesmas condições. 


Exportações firmes, oferta limitada de boiadas, ano de retenção de fêmeas, preços da reposição subindo e insumos em alta explicam o cenário atual. 


E o mercado interno e o consumidor final?! 


Apesar do forte avanço da exportação, ela responde, no máximo, por 30% da produção¹. O mercado nacional absorve 70% da produção.


No mercado doméstico, a pandemia causada pelo coronavírus veio como combustível em meio ao fogo que já existia na questão do desemprego, elevando a quantidade de pessoas desocupadas ou jogando-as na informalidade ao longo de 2020. 


Como um dos maiores consumidores de carne bovina do mundo², o brasileiro sentiu o impacto dos preços. E qual seria a repercussão no preço da carne de um boi de R$300,00/@? 


Para responder, comparamos os preços da arroba em R$200,00, com uma arroba de R$300,00, considerando os dois cortes de carne tradicionais à mesa do brasileiro, a alcatra completa e o coxão mole. 


Preços ontem, hoje e amanhã

Na figura 1, mostramos o comportamento da cotação da média da arroba do boi gordo, do quilograma da alcatra completa e do coxão mole, em preços deflacionados pelo IGP-DI.


Figura 1. Desempenho da cotação da arroba do boi gordo e dos preços do quilograma da alcatra completa e do coxão mole no mercado varejista, corrigidos pelo IGP-DI, em São Paulo. 



Fonte: Scot Consultoria


A elevação da cotação da arroba do boi gordo puxou o preço dos cortes das carnes no atacado e no varejo. A menor disponibilidade interna colaborou com estas altas, mesmo com um cenário econômico adverso.


Com a elevação da cotação do boi para R$200,00/@, em novembro de 2019, os preços da alcatra e do coxão mole também subiram, altas de 5,3% e 12,9%, respectivamente, enquanto o preço da arroba do boi gordo subira 21,7% na comparação com o mês anterior.


Hoje, após subir 12,6% em relação ao mês anterior e alcançar a cotação média de R$250,00/@, os preços estão em R$ 32,17/kg a alcatra completa e R$29,09/kg o coxão mole, altas de 9,9% e 4,5%, respectivamente, comparado também ao mês anterior.


Uma arroba de R$300,00 seria o equivalente a uma elevação de 20% diante da atual cotação. 


Se extrapolarmos a alta de 21,7% na média da arroba do boi gordo, observada em 2019 e, as respectivas variações observadas nos cortes naquela mesma época, essa arroba representaria uma alcatra completa de R$33,88/kg e um coxão mole de R$32,84/kg. 


Figura 2. Projeção de preços da alcatra completa e do coxão mole (média), em R$/kg.



*valor projetado.
Fonte: Scot Consultoria


Cabe ressaltar que ajustes ocorrem devido à oferta na ponta final da cadeia e outras razões que podem influenciar os preços, como o poder de compra. 


E afinal, o consumidor, como fica?

O consumo per capita nacional estimado em 2019 foi de 36,1 kg/habitante/ano², considerando carne sem osso.


Os aumentos de R$1,71/kg na alcatra completa e R$3,75/kg no coxão mole parecem pequenos, porém, ao considerarmos o consumo por pessoa, seriam dispensados R$61,73/ano com a alcatra completa e R$135,38/ano com o coxão mole a mais que no atual cenário, considerando o consumo total sendo restrito a estes cortes.

Em um ano, com base na média dos preços destes cortes e no consumo per capita, o brasileiro despenderia R$1.203,53/ano, pouco mais de um mês inteiro de salário mínimo nos dias de hoje (R$1045,00), apenas com o consumo de carne bovina.


Este possível cenário abre espaço para considerações a respeito do custo oportunidade ante outras proteínas de origem animal pelo consumidor.


Referências


¹ Scot Consultoria
² USDA – Departamento de Agricultura dos Estados Unidos.





Antecipe-se às tendências e planeje um 2021 com o pé no chão. Faça sua inscrição no Encontro de Analistas da Scot Consultoria e fique à frente do mercado pecuário. Dia 27/11 em São Paulo ou onde você estiver.


<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos



Loja

Facebook