• Segunda-feira, 21 de agosto de 2017
Scot Consultoria

Carta Insumos - O uso de farelo de gérmen de milho na dieta de bovinos


Terça-feira, 13 de junho de 2017 - 16h00
-A +A


O farelo de gérmen de milho desengordurado é um subproduto da industrialização do milho para a retirada do amido por via úmida.


Durante o processo, o milho é umedecido para amaciar a semente e facilitar a separação do glúten, proteína e gérmen. Após a remoção do gérmen de milho, restam o glúten, o amido e a casca do milho (Patience et al., 1995).


O farelo de gérmen de milho desengordurado é obtido da extração do óleo dos gérmens do milho os quais, depois de retirados da semente na moagem úmida, são secados e prensados (Andriguetto et al., 1982).


O alimento é fonte energética na alimentação de ruminantes e monogástricos, com cerca de 75,0% de NDT (Nutrientes Digestíveis Totais). Possui também entre 9,5% e 11,0 de PB (Proteína Bruta) em sua composição nutricional.



No mercado de rações para animais, o farelo de gérmen de milho se destaca pelo bom valor nutricional. Além de bons parâmetros de energia, os lipídeos (gorduras) presentes no gérmen se constituem como considerável fonte de energia e vitamina E. 


Normalmente, o farelo de gérmen de milho é utilizado em até 20,0% da matéria seca nas dietas para vacas leiteiras e entre 30,0% e 40,0% para a de gado de corte.


Preços e comparativos do custo da energia em relação ao milho


Os preços do gérmen de milho acompanham o mercado de milho. Veja na figura 1, a evolução das cotações desde 2015 em São Paulo.



Segundo levantamento da Scot Consultoria, em junho, a tonelada de milho estava sendo negociada por R$441,00 sem o frete. O preço médio do farelo de gérmen de milho desengordurado estava em R$373,30 por tonelada.


A queda na cotação do milho nesta temporada, em função do aumento da oferta e previsão de estoque confortável, derrubou também a cotação de outros alimentos concentrados energéticos.


Na tabela 2, uma estimativa do custo do NDT considerando o milho grão, o farelo de gérmen de milho desengordurado e a polpa cítrica.


Levando em conta apenas este parâmetro, dentre os produtos analisados, a polpa cítrica é o alimento comparativamente mais viável.



O quilo de NDT da polpa está avaliado em R$0,47. Na sequência aparece o farelo de gérmen de milho, com R$0,57 por quilo de NDT. Este valor está 3,4% menor que os R$0,59 por quilo de NDT do milho.


Considerações finais 


Mesmo em um ano de queda da cotação do milho, principal concentrado energético utilizado nos confinamentos de bovinos no Brasil, é importante a análise da viabilidade da utilização de fontes alternativas de energia.


No caso, o farelo de gérmen de milho e a polpa cítrica aparecem como opções para baratear a dieta, substituindo, parcialmente, o milho em São Paulo.


Além da análise do custo dos ingredientes, é importante uma avaliação da disponibilidade do produto na região, já que os custos com fretes podem inviabilizar a utilização de determinado produto.


https://www.scotconsultoria.com.br/bancoImagensUP/170614-carta-insumos-1.jpg

<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar
Scot - Facebook Leite
 
Scot - Facebook Scot - Twitter Scot - Youtube Scot - Instagram Scot - Rss

Newsletter diárias

Receba nossos relatórios diários e gratuitos

TV Scot

Rádio Scot



Loja

Facebook



  • Copyright 2017, Scot Consultoria, Rua Coronel Conrado Caldeira, 578 – Bebedouro - SP - Brasil - 14701-000 | +55 17 3343 5111

Receba nossos relatórios diários e gratuitos