• Segunda-feira, 4 de julho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Deixem o presidente jogar golf!


Quinta-feira, 13 de junho de 2013 - 17h04

Problemas sociais - soluções liberais
Liberdade política e econômica. Democracia. Estado de direito. Estado mínimo. Máxima descentralização do poder.


O homem é presidente da república da nação mais rica e poderosa do planeta, senhora de um PIB que anda pela casa dos 15 trilhões de dólares.   Apesar do importante cargo, para o qual ele deveria ser o mais bem preparado dos mortais, Mr. Obama parece não entender muito de economia, finanças e administração.


Exemplo disso é a declaração de bens do casal Obama em 2012.  Eles possuem uma gorda poupança, em títulos do tesouro americano, estimada em U$3.000.000,00  Esses títulos rendem atualmente juros anuais de aproximadamente 0,71%.  Ao mesmo tempo, o casal tem hipotecas que somam cerca de US$800.000 e sobre elas pagaram juros de US$45.000 em 2012, ou seja, uma taxa de 5,6% ao ano.


Segundo especialistas, o casal economizaria US$40.000 em juros, caso decidisse utilizar parte dos recursos de sua vasta poupança para resgatar a hipoteca.  Aliás, não é preciso ser nenhum expert para chegar a esta conclusão.


Pois bem, é este senhor que tem nas mãos o poder de ditar a política econômica do país mais rico da terra.  "Mas ele está cercado de assessores que entendem do assunto", dirão alguns.  De fato.  Entretanto, sempre caberá a ele a última palavra, bem como as diretrizes gerais.


Menos mal que, segundo consta, Obama passa mais tempo jogando golfe do que tratando de economia.


Por João Luiz Mauad 



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook