• Quinta-feira, 11 de agosto de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Amapá inicia campanha de vacinação contra a febre aftosa, que vai até 30/11


Quinta-feira, 18 de outubro de 2012 - 12h51

Engenheiro agrônomo formado pela Esalq – USP e consultor agropecuário.


Até o dia 30 de novembro serão aplicadas doses em todo o rebanho e a vacinação deverá ser comprovada pelos produtores até 15 de dezembro. O governo do estado, por intermédio da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária do Amapá (Diagro), Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR), com apoio da Superintendência Federal de Agricultura no Amapá (SFA/AP), entidades ligadas ao setor e produtores rurais, iniciou esta semana, a etapa única da Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa para bovídeos (bovinos e bubalinos) de todas as idades. Figura 1.



Até o dia 30 de novembro, serão aplicadas doses em todo o rebanho e a vacinação deverá ser comprovada pelos produtores até o dia 15 de dezembro, nas Unidades Veterinárias Locais (UVL s) ou Escritórios de Atendimento a Comunidade (EACs) da Diagro, presentes nos 16 municípios amapaenses.


A vacinação dos animais, que corresponde aproximadamente 307 mil cabeças de gado no Amapá, é obrigatória. Dessa forma, o governo estadual, aliado à colaboração de toda a cadeia produtiva, espera imunizar 100% do rebanho, superando o índice vacinal de 87,6% alcançado ano passado.


Executada pela Diagro, a ação intensiva por parte dos técnicos e principalmente dos pecuaristas faz com que não seja registrado nenhum foco da doença há 15 anos em território amapaense.


A meta do governo é sair este ano da classificação de Alto Risco para Médio Risco com vacinação e tornar o estado livre da doença com vacinação até o final de 2014, reconhecida junto à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).


Para avançar no processo de mudança de status sanitário, o governo do Amapá contratou novos fiscais agropecuários e vai assinar convênio com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Pesca (Mapa) ainda este ano, para ampliar a estrutura e a capacidade de atuação da Diagro em todo o estado.


O Ministério da Agricultura deverá realizar no mês de dezembro uma auditoria para a verificação do funcionamento do serviço veterinário oficial da Diagro, principalmente nos aspectos vigilância, fiscalização do trânsito, estruturação e a cobertura do índice vacinal dos rebanhos de bovinos e bubalinos.


Essa auditoria é de suma importância para verificação das condições gerais da Diagro e de modo geral contribuir com o avanço do status sanitário.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook