• Segunda-feira, 15 de agosto de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

O mercado atacadista de carne bovina sem osso ainda não conseguiu sustentação este ano.


Segunda-feira, 30 de janeiro de 2012 - 08h57

Zootecnista, formado pela Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias - UNESP, Campus de Jaboticabal-SP. Mestre em Administração de Organizações Agroindustriais pela mesma instituição.


São quatro semanas seguidas de preços em queda. O filé mignon, desde a última semana de dezembro, já acumula desvalorização de 24,5%, enquanto o preço da picanha caiu 14%. São os cortes de traseiro que puxam o mercado para baixo neste período do ano. O acém, por exemplo, ficou praticamente estável este mês, apresentando, inclusive, ligeira alta de 0,4%. O Equivalente Scot Desossa, que afere o valor recebido pela carne sem osso, miúdos e subprodutos, registrou a menor margem desde o início de novembro de 2011, em relação ao preço da arroba, 22,5%. Comportamento normal. A isso se soma uma exportação ainda patinando em 2012. A pressão sobre a arroba vem justamente da demanda. No mercado varejista, o cenário de demanda fraca fica claro, com queda de 1% nos preços em São Paulo e Minas Gerais, e 2% no Paraná. Preços estáveis no Rio de Janeiro.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook