• Sexta-feira, 5 de março de 2021
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Exportação de carne bovina in natura cresce 65% em MS


Segunda-feira, 24 de setembro de 2012 - 08h39

Mato Grosso do Sul embarcou no mês de agosto 9,6 mil toneladas de carne bovina in natura. O montante é 65% maior que o volume de 5,8 mil toneladas exportado em agosto de 2011. O valor negociado foi de US$43,5 milhões de dólares, um crescimento de 47% em relação aos US$29,5 milhões vendidos no mesmo período do ano passado. A Rússia continua liderando a compra do produto sul-mato-grossense, acumulando 37 mil toneladas adquiridas desde o início do ano. Irã e Chile seguem como segundo e terceiro maiores compradores.


"A exportação cresce, mas ainda precisamos investir na conquista de novos mercados já que de toda a produção bovina do estado, o mercado externo absorve somente 12%. O mercado interno é o principal motor que impulsiona o crescimento da produção de carne bovina no Brasil", explica a economista e assessora técnica da Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul - FAMASUL, Adriana Mascarenhas.


Em relação ao número de animais abatidos, agosto apresentou recordes. Foram 352,2 mil cabeças, 41% a mais que agosto do ano passado, que foi de 248,1 mil. Desde janeiro de 2012, o estado abateu 2,5 milhões de animais, quantia 23,3% superior ao mesmo período de 2011, que contabilizou 2,05 milhões de cabeças abatidas.  "Do total desse ano, 1,2 milhão era de fêmeas, o que representa 49 % do rebanho abatido", complementa Adriana.


Além de exportação e abate outros dados referentes à pecuária de corte de Mato Grosso do Sul como cotações da carne no atacado e varejo estão disponíveis no Informativo Casa Rural.


Fonte: Canal do Produtor. Pela Redação. 21 de setembro de 2012.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>