• Quinta-feira, 20 de janeiro de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Aumento da oferta e menor demanda seguem pressionando o mercado de leite


Segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014 - 12h26

Queda no preço do leite ao produtor no pagamento de janeiro de 2014, referente ao leite entregue em dezembro do ano passado.


Segundo levantamento da Scot Consultoria, considerando a média dos dezoito estados pesquisados, o produtor recebeu R$0,951 por litro de leite.


A queda foi de 2,3% em relação ao pagamento anterior. Desde agosto de 2013, pico de preço, as cotações caíram 6,1% na fazenda.



De qualquer maneira, o leite continua mais caro em relação ao mesmo período do ano passado. O produtor está recebendo 14,7% mais por litro frente a janeiro de 2013.


O aumento da produção é o principal fator de queda de preço. Este cenário, aliado a uma demanda mais devagar neste começo de ano pressionam os preços em todos os elos da cadeia.


Segundo o Índice Scot Consultoria para a Captação de Leite, o volume de leite aumentou 2,0% em dezembro de 2013, na comparação com novembro (média nacional).


O pico de produção está previsto para janeiro/14 em boa parte das regiões produtoras.


Para o pagamento a ser realizado em fevereiro, referente à produção de janeiro, 50,0% dos laticínios pesquisados acreditam em queda do preço do leite ao produtor, 46,0% em manutenção e o 4,0% restante em alta.


Estes números nos mostra que em curto e médio prazos (fevereiro) o mercado tende a se estabilizar, retomando a firmeza a partir de março.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook