• Segunda-feira, 4 de julho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Novas ferramentas de comercialização


Quarta-feira, 29 de abril de 2009 - 21h35

A Fonterra, uma cooperativa composta por cerca de 11 mil produtores de leite da Nova Zelândia, e também uma das maiores empresas do setor de lácteos do mundo (detêm cerca de um terço das exportações mundiais de lácteos), lançou recentemente uma nova ferramenta para comercialização dos seus produtos. Trata-se de uma ferramenta com plataforma eletrônica para a comercialização de lácteos internacionalmente. O sistema conta também com uma terceira parte, uma empresa independente que gerencia e conduz esta plataforma de comércio. Através do Global Dairy Trade (em português: Comércio Global de Lácteos), é possível que os produtores de toda a Nova Zelândia atendam consumidores de mais de 140 Países. O site é disponibilizado em inglês, espanhol, chinês e árabe. PRODUTOS A Fonterra espera vender cerca de 200 mil toneladas do leite em pó integral através da ferramenta no primeiro ano de funcionamento. Só para se ter uma idéia, o Brasil exportou entre leite em pó e leite condensado cerca de 123 mil toneladas em 2008 (um recorde: 64% sobre o ano anterior). Num primeiro momento os produtos disponíveis para a comercialização na plataforma são o leite em pó integral, o instantâneo e o leite UHT, com diferentes especificações para cada tipo de produto. O leite em pó desnatado e outros produtos serão adicionados ao sistema no decorrer do primeiro ano, assim como os lácteos de outros fornecedores. COMO FUNCIONA As seções de comercialização são geralmente mensais e funcionam de maneira semelhante a um leilão. Estas seções são anunciadas com antecedência. Cinco dias antes do início do evento, o gerenciador do sistema confirma o volume dos produtos disponíveis e coloca um preço inicial para cada item do leilão. Antes de começarem as negociações, geralmente no mesmo dia da seção, os participantes reconfirmam que aceitaram e estão cientes dos termos e condições para a participação. No começo das negociações, cada comprador anuncia o volume no qual está interessado e divulga sua oferta inicial. Depois de determinado período de tempo, a primeira rodada de negócios é encerrada. São feitas várias rodadas até que as compras e as ofertas de preços sejam encerradas. Logo depois de terminada a negociação, o gerenciador da ferramenta entra em contado com a Fonterra e confirma o volume que cada comprador adquiriu, assim como os seus respectivos preços. Os compradores são contatados pela Fonterra para acertar os detalhes da entrega do produto, como o porto de embarque da carga, destino. Enfim, o processo de logística. Durante as seções de negócios, já está pré-determinada a data de embarque de cada “lote” ofertado. RESULTADOS RECENTES Na última seção, realizada em 1 de abril de 2009, foram 6 rodadas de negócios. Foram ofertados produtos com embarque para junho, julho a setembro e outubro a dezembro. Através dessa ferramenta, a Fonterra amplia e facilita as possibilidades de negociações. Ou melhor, amplia seu mercado. Para maiores informações: www.globaldairytrade.info
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook