• Sábado, 13 de julho de 2024
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Mercado - reprodutores


Quinta-feira, 29 de outubro de 2009 - 15h53

Os preços dos tourinhos caíram novamente em outubro, chegando a uma desvalorização de quase 4%. A chegada da estação de monta mantém o mercado ofertado, mas a maioria dos pecuaristas já renovou os reprodutores para essa temporada. Com a procura menor e queda geral dos preços pecuários, as cotações dos tourinhos estão 10,5% mais baixas do que as vigentes em outubro de 2008. Os tourinhos valem mais em Minas Gerais e Mato Grosso do Sul do que em São Paulo. Isso porque São Paulo não é predominantemente um estado de cria, o que reduz a procura por reprodutores. Veja na figura 1 as diferenças entre o preço do tourinho Nelore PO em São Paulo e outras regiões, incluindo os leilões virtuais. Outro ponto é o comportamento dos preços dos reprodutores com as cotações da reposição. Observe na figura 2 que os preços da reposição e dos tourinhos variam de forma semelhante em estados onde a cria é mais expressiva, caso do Mato Grosso do Sul. Já em São Paulo quase não existe correlação entre as variações. Geralmente as cotações dos reprodutores seguem a tendência dos preços da reposição. Isso ocorre porque, com a reposição em alta, há retenção de matrizes e investimentos na atividade, inclusive em reprodutores. Assim como o oposto também é válido.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja