• Segunda-feira, 4 de julho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Mercado-insumos


Sexta-feira, 9 de outubro de 2009 - 15h58

Desde abril o volume de vendas de produtos relacionados à reprodução está em recuperação. Essa recuperação vem acontecendo após o impacto negativo da crise global que derrubou os preços pecuários e a demanda por esses produtos. De acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IBGE, o abate de fêmeas caiu e representa 39,6% do abate de bovinos. Em 2007 essa participação era de 47,1%. Sinal de que o produtor está atraído pela produção de bezerros. Tal fato acaba fazendo crescer a demanda por produtos relacionados à reprodução, especialmente os hormônios. A proximidade da estação de monta no Brasil Central também tem feito crescer a demanda por esses produtos. Mesmo assim, os preços estão praticamente estáveis pelo terceiro mês consecutivo. O que tem ajudado a segurar os preços foi a valorização do real frente ao dólar, uma vez que boa parte dos produtos é importada. Ou seja, o dólar desvalorizado tem anulado a demanda mais alta. Sendo assim, este pode ser um bom momento para o produtor investir em técnicas reprodutivas.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook