• Sexta-feira, 1 de julho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Mercado - receptoras


Sexta-feira, 28 de agosto de 2009 - 14h17

Com a proximidade da estação de monta o mercado de receptoras começa a mostrar sinais de aquecimento. Algumas centrais já registraram um volume maior de vendas em agosto, se comparado a julho Entretanto, houve recuo de preços para a receptora prenhe em todas as praças consultadas. A retração foi de 3%, em média. De acordo com as centrais, essa retração só não foi maior porque os preços dos animais para a reposição também caíram e isso de certa forma facilitou a compra de vacas para servirem como receptoras, pelas centrais. A arroba do boi gordo vem patinando, o que também não ajuda nas cotações das receptoras. Aliás, a correlação é bastante estreita em alguns momentos. Observe na figura 1 que os preços da arroba da receptora caíram no último ano em todas as praças pesquisadas. A maior variação registrada foi no Paraná, 22%; em seguida está o Mato Grosso do Sul, com 20%; Triângulo Mineiro, com 18%; São Paulo, com 15%; GO, com pouco menos de 15%; e por último Belo Horizonte, com 11,5%. Agora compare a figura 1 e a figura 2, que mostra a variação da arroba do boi gordo em Barretos – SP. Ela é acompanhada pelas variações de preços da receptora nas outras praças do país. Mesmo com a desvalorização, a partir de outubro as centrais deverão começar a ganhar em escala, uma vez que o mercado só tende a melhorar com a estação de monta no Brasil Central.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook