• Sexta-feira, 1 de julho de 2022
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Mercado - sêmen


Quinta-feira, 20 de agosto de 2009 - 13h22

Com a crise que acometeu a pecuária a partir de 2004, houve recuo do volume de vendas de doses de sêmen. Passado o impacto da crise e com a recuperação dos preços pecuários, no final de 2006 e mais intensamente em 2007, a atividade se recuperou e cresceu, principalmente no que diz respeito ao investimento em sêmen de raças importadas. Observe a figura 1. O último relatório da Associação Brasileira de Inseminação Artificial (ASBIA) mostrou bons resultados para as vendas de sêmen da raça Angus. Mesmo com a crise mundial interferindo nos investimentos, houve alta significativa de 20,6% em 2008. Em outras palavras, foram vendidas quase 180 mil doses acima do patamar alcançado em 2007, que já era considerado um recorde histórico para a raça. Observe a figura 2. A representatividade da raça também cresceu. As vendas de sêmen Angus representam 25% do total comercializado. Em 2007, essa participação era de 23%. As raças taurinas têm ganhado espaço devido ao aumento do cruzamento industrial. Cada vez mais o pecuarista tem procurado utilizar os atributos genéticos em favor dos ganhos econômicos.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja

Facebook