• Sábado, 13 de julho de 2024
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Mercado - reprodutores


Sexta-feira, 12 de junho de 2009 - 15h58

Novamente o volume de leilões de tourinhos Nelore PO apresentou crescimento. Os eventos comerciais apresentaram boa liquidez e boa genética nos lotes transacionados. A estiagem provocou alguma redução no ritmo de compras no início do mês. Como os pastos estão escassos em algumas regiões, ficou difícil colocar novos animais. Foi possível observar alta na maioria das praças consultadas. As vendas que ocorrem diretamente em fazendas especializadas na comercialização da categoria também têm apresentado melhora desde o começo de abril, confirmando o início do novo ciclo deste mercado. Os valores médios nos leilões têm subido. Essa alta tem sido mais expressiva que a alta da arroba do boi gordo, que é balizadora dos preços. A diferença entre o preço dos tourinhos nas fazendas e o preço pago nos leilões sempre existiu, mas tem aumentado do ano passado pra cá. Observe na figura 1 os preços médios obtidos em leilões. Comparando os preços de maio com os vigentes em junho é possível identificar que os preços subiram. Observe a figura 2. O valor médio do tourinho continua entre 40 e 50 arrobas de boi gordo, tomando a região de Barretos-SP como referência, o que equivale a R$3.240,00 e R$4.050,00/cabeça. A perspectiva é de mercado firme. O possível contratempo poderá ser o frio e a pressão sobre as pastagens.
<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos


Loja