• Segunda-feira, 13 de julho de 2020
  • Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Cortes ja acumulam alta de mais de 10% no atacado de carne bovina


Quinta-feira, 2 de setembro de 2010 - 16h41

O preço da carne bovina sem osso subiu, em média, 1% no atacado em São Paulo. A alta para os cortes de traseiro foi de 1,2%, enquanto os de dianteiro se valorizaram 0,6%. A menor oferta de bois para abate e a arroba mais cara são os principais motivos. Desde o início de agosto, os preços da alcatra, do contra filé e da maminha subiram acima de 10% no atacado paulista. O varejo repassou a alta. Em São Paulo e em Minas Gerais, o aumento médio foi de 1% nos açougues e supermercados. No Paraná e no Rio de Janeiro, a carne no varejo subiu 2% em uma semana. Em curto prazo, o mercado é altista. Além da oferta escassa de bois para abate, fato que deve manter a arroba firme, é preciso considerar o fator começo de mês (pagamento de salários) e o feriado do dia 7/9.



Participe do ECR 2020 Digital e conheça as mais valiosas informações sobre a adoção de tecnologias na recria e no confinamento de bovinos. O Encontro de Confinamento e Recriadores da Scot Consultoria acontece de 5 a 7 e 12 a 14 de agosto. INSCREVA-SE AQUI.


<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>
Buscar
Scot - Facebook Leite
 
Scot - Facebook Scot - Twitter Scot - Youtube Scot - Instagram Scot - Rss Scot - Linkedin

Newsletter diária

Receba nossos relatórios diários e gratuitos



TV Scot

Podcasts



Loja

Facebook