Pressão de alta para o boi perde força - SCOT CONSULTORIA
  • Sexta-feira, 24 de outubro de 2014
Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Pressão de alta para o boi perde força

Quinta-feira, 20 de setembro de 2012 - 09h15

O movimento de alta perdeu a força das últimas semanas, com os preços mais travados.


No levantamento de ontem (19/9), em São Paulo, a referência ficou estável em R$97,00/@, à vista, com as escalas de abate médias dos frigoríficos atendendo de quatro a cinco dias úteis.


Porém, existe variação considerável tanto nos valores das ofertas de compra quanto nas programações das indústrias.


A boa margem com a venda da carne ainda é um fator que encoraja alguns frigoríficos a saírem mais agressivos às compras, principalmente os que possuem escalas mais curtas.


O panorama de preços firmes na região Norte do país continua, com reajustes verificados no Pará e no Tocantins.


No mercado atacadista de carne bovina com osso, há relatos de demanda fraca, com a cotação do dianteiro perdendo força.


O boi casado de animais castrados ficou cotado em R$6,79/kg.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar
Scot - FaceBook Scot - Twitter Scot - Youtube Atendimento via Skype

Newsletter diárias

Receba nossos relatórios diários e gratuitos

TV Scot

Rádio Scot



Loja

Facebook



  • Copyright 2014, Scot Consultoria, Rua Coronel Conrado Caldeira, 578 – Bebedouro - SP - Brasil - 14700-001 | +55 17 3343 5111

Receba nossos relatórios diários e gratuitos