Carta Boi - Estados Unidos com saldo positivo na balança comercial de carne bovina - SCOT CONSULTORIA
  • Terça-feira, 2 de setembro de 2014
Receba nossos relatórios diários e gratuitos
Scot Consultoria

Carta Boi - Estados Unidos com saldo positivo na balança comercial de carne bovina

Quinta-feira, 7 de março de 2013 - 08h53

Os Estados Unidos são grandes produtores, exportadores e importadores de carne bovina. 


Segundo o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA, sigla em inglês), em 2012, em volume, os EUA foram os maiores produtores, o quarto maior exportador e o segundo maior importador de carne bovina.


Desde 2010 os Estados Unidos exportam mais do que importam, são portanto, exportadores líquidos.


Nos dez anos anteriores a 2010, o saldo na balança comercial de carne bovina era negativo, importavam mais do que exportavam.


Na figura 1 está o balanço importações x exportações de carne bovina nos EUA.



A exportação norte-americana está em recuperação desde 2004. Antes dessa data sofreram uma grande queda devido a um surto de Encefalopatia Espongiforme Bovina (EEB).


Os EUA exportam, em grande parte, para os mercados mais exigentes do mundo, destinos que não são atendidos pelo Brasil por questões sanitárias.


Principais clientes


Os principais compradores da carne bovina norte-americana em 2012 podem ser vistos na figura 2.



De 2004 a 2012, o Japão foi o mercado com maior crescimento nas compras (198,7 mil tec), seguido pelo Canadá (186,3 mil tec) e Coréia do Sul (138,0 mil tec).


O Japão era o maior comprador da carne norte-americana até 2003, quando ocorreu o incidente com a EEB. Hoje ocupa a segunda colocação, o primeiro é o Canadá.


Este saldo positivo é sustentável?


O rebanho bovino dos EUA diminuiu e é o menor desde 1952, devido ao tremendo abate de fêmeas que vem ocorrendo nos últimos anos.


Porém, a participação de vacas no abate de bovinos deu sinal de enfraquecimento em 2012, na comparação com 2010 e 2011. A expectativa é de que a oferta de fêmeas seja ainda menor este ano, em uma tendência de recuperação do rebanho.


O saldo positivo na balança comercial foi menor em 2012 em relação a 2011 (figura 1).


Segundo expectativas do USDA, as importações de carne bovina nos EUA devem aumentar em 2013, e as exportações devem ter retração, prejudicadas pelo dólar valorizado.


A conjuntura de mercado dos EUA e as perspectivas indicam uma diminuição no saldo da balança comercial da carne bovina em 2013.Isto abre espaço para que outros exportadores consigam acessar ou aumentar sua participação no mercado.


Colaborou Gustavo Aguiar, consultor da Scot Consultoria.



<< Notícia Anterior Próxima Notícia >>

Buscar
Scot - FaceBook Scot - Twitter Scot - Youtube Atendimento via Skype

Newsletter diárias

Receba nossos relatórios diários e gratuitos

TV Scot

Rádio Scot



Loja

Facebook



  • Copyright 2014, Scot Consultoria, +55 17 3343.5111 - BEBEDOURO/SP

Receba nossos relatórios diários e gratuitos